Publicado por: masfg | maio 30, 2009

GESTAR II- GESTÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR-ATIVIDADES

The image “http://www.dilsonlages.com.br/cursos/img/redacao_20051126122445.jpg” cannot be displayed, because it contains errors.

Estimados Colegas Professores Cursistas.

È com imensa alegria que começamos nossa primeira atividade virtual do TP-3.

Falar de Gêneros e Tipos Textuais é falar de língua, linguagem, interação, criação e conseqüentemente de variação lingüística..

Gêneros textuais são maneiras de organizar as informações lingüísticas de acordo com a finalidade do texto, com o papel dos interlocutores e com as características da situação.( TP 3 pg25)

O texto do TP 3( pg 45) fala de Gêneros Textuais.

1- Como você vê a contribuição das inovações tecnológicas na criação de novos Gêneros?

2- Como se comportam os novos gêneros em relação às fronteiras entre oralidade e escrita?

“Os mestres são os reservatórios dos quais os alunos, mediante o ensinamento, recolhem a água da vida”

Sathya Sai Baba

Beijos em vossos corações.

About these ads

Responses

  1. Respostas:
    Questão 1:Os últimos anos têm sido marcados como um período de mudanças muito significativas na vida social. A velocidade dos meios de comunicação e produção, a volatilidade do capital e o acesso aos estoques mundiais de informação, possibilitados pela era da tecnologia digital, vêm exercendo grande influência nas novas formas de sociabilidade. Nesse contexto, a inserção das tecnologias da informação e da comunicação na vida cotidiana dos cidadãos tem se tornado um evento cada vez mais marcante, porque, entre outras coisas, é capaz de reordenar o próprio modo como o ser humano interage e se integra socialmente.
    No que diz respeito à instituição escolar, percebe-se, pois, que esta se encontra diante da necessidade premente de repensar sua funcionalidade, reavaliar suas estratégias e (re) inventar suas práticas, sobretudo no que concerne ao processo de ensino-apredizagem, com o fito de tentar responder às exigências multifacetadas dessa nova sociedade, que se reorganiza de forma cada vez mais dinâmica e redefine novos papéis institucionais com base nas muitas demandas sociais que emergem do cenário atual do mundo globalizado.

  2. Respostas:
    Questão 2: A língua portuguesa comporta duas modalidades: O português escrito e o português falado. Num mesmo nível, as duas não têm as mesmas formas, nem a mesma gramática, nem os mesmos “recursos expressivos”, cada um possui características próprias. Isso não significa, porém, que a fala e a escrita devam ser vistas de forma dicotômica, estanque, como era comum até há algum tempo e, por vezes acontece ainda hoje. Vem-se postulando que os diversos tipos de práticas sociais de produção textual situam-se ao longo de um contínuo tipológico, em cujas extremidades estariam, de um lado a escrita formal e, de outro, a conversação espontânea, coloquial. Atualmente com o advento da escrita digital, a cisão entre o oral e o escrito converte-se em um encontro extremamente produtivo, onde as especificidades de cada uma das duas modalidades da língua potencializam a comunicação tornando-se um grande instrumento para a interatividade dos gêneros que a utilizam: como bloogs, torpedos enviados por celulares, messenger, e-mail, Orkut, entre outros.
    De fato o que nos interessa nesse texto é perceber as potencialidades que emergem junto aos novos gêneros digitas e suas práticas sociais.

  3. RESPOSTA 01.
    Considerando que há uma grande variedade de gêneros em nossa sociedade, acredito que as inovações tecnológicas só poderão contribuir para a ampliação de novos gêneros. Sem dúvida, não há como o educador ignorar a modernidade dessas inovações em nosso cotidiano escolar.

    RESPOSTA 02.
    É preciso levar em conta que a oralidade e escrita são pilares que sustentam o processo comunicativo. Entretanto, há algumas fronteiras quando nos referimos à transposição da fala para a escrita. Quanto maior a diversidade de gêneros, maior será a sua necessidade de adequação do falante/ouvinte em diferentes situações de uso. Formar sujeitos competentes, é fazê-los usuários da língua em diferentes contextos sociais.

  4. RESPOSTA 01
    Essa contribuição é desafiadora, uma vez que redefine novos padrões no âmbito do ato comunicativo, pois não basta dominar a língua vernácula, mas também faz-se necessário dominar as tecnologias disponíveis no século XXI. Se não houver um domínio desses dois processos o ato comunicativo poderá não se realizar na completude da ação.

    RESPOSTA 02
    A fronteira continua sendo muito tênue e identificadora da condição socioeconômica e cultural do usuário da língua, uma vez que os dialetos usados nas novas tecnologias como, por exemplo, mensagens eletrônicas também apontam para a construção de uma identidade própria e que marca os usuários dessa modalidade de gênero textual.

  5. RESPOSTA DA QUESTÃO 01
    Acredito que essa contribuição seja muito importante para o atual momento da educação, pois o professor não pode desconsiderar a evolução da língua. Assim, a inclusão das inovações tecnológicas passam a habitar o espaço cotidiano escolar.

    RESPOSTA DA QUESTÃO 02
    A oralidade e a escrita são processos que acompanham as variedades linguísticas no cotidiano escolar. Os novos gêneros só poderão enriquecer o professor para que possa auxiliar os alunos a transporem as fronteiras entre o oral e o escrito. As inovações tecnológicas sem dúvida auxiliarão os educadores nesse processo

  6. 1- Com a evolução tecnológica as pessoas sentem necessidade de uma comunicação oral e escrita que acompanhe essa evolução .
    Como consequência surgem formas discursivas novas, contribuindo assim , para o aumento dos gêneros textuais que se adequam as exigências de uma sociedade moderna.
    2-Com a evolução tecnológica amplia-se o surgimento de novos gêneros. Percebemos que essa nova realidade converge na procura de um meio de comunicação rápido e eficiente , o que também podemos observar que já acontecia na língua oral informal.Sabemos que não existe uma língua correta ou incorreta, mas sim uma adequação da linguagem de acordo com a necessidade do usuário , o que não impede o conhecimento língua formal.

  7. 1- A evolução tecnológica causou uma verdadeira revolução na criação de novos gêneros textuais, as novas tecnologias mundam hábitos, buscam um resultado rápido e imediato que forão incorporados nos gêneros textuais.
    A modernidade busca novos caminhos tanto na tecnologia quanto na comunicação.
    Todo esse processo faz parte da evolução da história do homem,processo que reflete tanto nas novas descobertas tecnológicas como na criação de novos gêneros textuais que acompanhem essa evolução.

  8. 2- Os novos gêneros textuais aproximam a linguagem oral da escrita, pois são resultado do novo comportamento humano que busca a agilidade e rapidez dos processos de comunição.
    Fica fácil notar todas estas mudanças nas atuais formas de comunicação .
    Os novos gêneros textuais, na sua maioria, transmitem mensagens por meio de sinais próprios, abreviações , símbolos e até imagens que transmitem a mensagem de forma simplicada sem se preocupar com as regras gramaticais .
    Contudo há de se destacar que a evolução dos gêneros textuais é uma evolução da comunicação necessária, mas não teve servir como justificativa para o abandono da linguagem padrão que continua indispensável na sociedade moderna.

  9. 1-O homem assim como a Língua, estão em constante evolução. Como Resultado temos a evolução tecnológica que exige cada vez mais um meio de comunicação prático e eficiente e de fácil acesso resultando desta nova realidade o surgimento de novos gêneros textuais que melhor se adequam a atual realidade.

  10. 1- A evolução das tecnologias causaram verdadeiras revoluções na vida do homem, que também refletiu na sua forma de se comunicar e por consequência nos gêneros textuais
    A urgência e a necessidade de resultado rápido fazem parte da nova concepção que sociedade ativa e produtiva.
    Novas formas de relacionar ,usando as tecnologias surgem a todo momento, televisão, fax, e-mail, blog, telefone são alguns dos instrumentos que modernizaram a comunicação humana, tornando-a muito mais objetiva e rápida, todo esse novo aparato refletiu em uma criação de novos gêneros textuais, mais próximos da atual realidade.

    2- Os novos gêneros textuais aproximam a oralidade e a escrita, esses gêneros textuais surgiram com a sociedade moderna e dinâmica que busca uma comunicação imediata e mais eficiente, isso já acontecia com a comunicação oral , que na maioria das vezes, busca a comunicação entre pessoas, sem se preocupar com as regras de língua formal e gramatical.
    As novas formas de comunicação, televisão, e-mail, fax, etc . cada vez mais ocupam o espaço antes ocupado pelo texto escrito formal.
    Não se adequar a essa nova realidade e se condenar a exclusão da comunicação. Precisamos nos preparar para essa nova forma de comunicação, que serve para enriquecer, mas não deve substituir a linguagem formal, sob pena de criarmos grupos que não se comunicam por usarem dialetos diferentes.

  11. Questão 1: De acordo com o que estamos estudando, entendemos que os gêneros textuais são fenômenos históricos e estão vinculados à vida cultural e social. Diante desta afirmação, é possivel afirmar que os gêneros não são instrumentos estanques, mas sim altamente maleáveis, dinâmicos e plásticos. Portanto se vivemos diante à mudanças tecnológicas, a novas inovações, é claro que precensiaremos uma explosão de novos gêneros e novas formas de comunicação, tanto na oralidade como na escrita.

    Questão 2: Apesar dos gêneros textuais não se caracterizarem em aspectos formais, sejam eles estruturais ou linguísticos, e sim por aspectos sociocomunicativos e funcionais, mesmo assim,não quer dizer que que estejamos desprezando a forma e nem a estrutura da linguagem escrita. Portanto a oralidade contribui para a criação do gênero, mas não define a estruturação da escrita

  12. Quetão 1: A internet possibilitou a criação de uma novo espaço para a escrita, levando as pessoas a lerem mais e usarem a escrita. As transformações ocorrem com o passar dos tempos, por isso é necessário essa busca pelo novo, para acompanharmos a evolução e ampliarmos nossos conhecimentos de oralidade e escrita.
    Questão 2:A linguagem quando vinculada a uma novidade tecnológica, coloca o homem em uma situação de fascínio e risco. Porém a necessidade de atualizarmos nossos conceitos sobre leitura e escrita, incorporam experiências com as novas imagens-signos. È necessário fazer um balanço entre tecnologia e linguagem, para não perdemos a capacidade de encontrar respostas compartilhadas entre as gerações para os novos desafios.

  13. Questão 01-Uma variedade de gêneros textuais nos rodeia e trabalhamos sempre numa tomada de consciência do nosso conhecimento intuitivo, analisando frequentemente as estruturas dos textos. Durante muito tempo, no ambiente escolar, gênero foi associado apenas à literatura, mas as necessidades ampliaram os gêneros a uma unidade sociocomunicativa. Embora tenhamos intuitivamente desenvolvida nossa competência sociocomunicativa nossa vida adulta agrega um mundo letrado que exige refinamento da língua e na elaboração textual. As inovações tecnológicas contribuem de forma eficaz colocando-nos com mais facilidade diante de um mundo letrado condizente com as nossas necessidades, tornando-nos cidadãos críticos e participativos. Foram as novas tecnologias que propiciaram o surgimento de novos gêneros textuais.

    Questão 02- Os gêneros podem apresentar uma certa “mistura”, nao são rígidos. Gêneros não se definem por aspectos formais ou estruturais da língua, estão ligados à sua funcionalidade. A identificação de um gênero depende do contexto social, se identifica pelo uso, onde ocorre, que se identifica o gênero. Os textos diante da oralidade muito heterogênea não apresentam limites bem definidos:sobrepõem-se frequentemente. Muitas vezes não percebemos que estamos dando vida a um gênero textual quando utilizamos a oralidade na nossa comunicação diária, eles se realizam, a cada vez que”produzimos um texto”.

  14. Questão 1: A interferência e contribuição depende da intensidade dos usos dessas tecnologias nas atividades comunicativas diárias. Portanto, o surgimento de formas discursivas novas é decorrente de necessidades evolutivas da realidade contemporânea e o uso da linguaguem.

    Questão 2: As fronteiras tendem a desafiarem as relações da dicotomia antes existente, visto que, percebe-se a maior integração entre os vários tipos de semioses:signos verbais, sons, imagens e formas em movimento. Nesses termos o uso e a funcionalidade migra para um outro investimento enfatizando os novos e atuais objetivos de comunicabilidade dos usuários da língua.

  15. QUESTÃO 1:

    Com as novas tecnologias surgiram os novos gêneros textuais. Isso é muito positivo, mas é necessário que haja uma reflexão sobre as novas práticas de leitura e escrita mediadas pelos meios eletrônicos. A linguagem dos internautas é prática e rápida. Para os linguistas a escrita cibernética é mais uma forma de comunicação. Então, será preciso acostumarmos com essa nova grafia. Há diversos outros gêneros textuais que surgiram junto à internet, como chats, cursos virtuais, tornando a prática de escrita mais presente. A produção de blogs também é um gênero que se tornou bastante interessante na vida das pessoas. Portanto, a idéia de usar os novos gêneros em sala de aula precisa ser bem trabalhada e ser realizada com participação ativa de alunos e professores como prática social.

    Questão 2:

    Os novos gêneros em relação à oralidade e escrita terão finalidade de grande importância no processo comunicativo. A circulação de textos em meio digital é imensa. Os blogs, por exemplo, utilizam texto escrito, vídeos, imagens, etc e são publicados pelo próprio autor. De certa forma, a facilidade de lidar com esse novo gênero textual atraem os indivíduos para a produção escrita, sendo que essa escrita é mais livre nos aspectos gramaticais, é mais informal. “A maioria dos blogueiros mantém mais de um blog de acordo com suas flutuações de espírito, mas há os que não mantêm nenhum e escrevem nos blogs dos outros ou em blogs públicos e abertos como livro de recados”, afirma Marcuschi (2004:67). Conhecer essas mudanças é fundamental para a compreensão de textos em meio eletrônico.

  16. 1- Se a tecnologia favorece o surgimento de novos gêneros, nao podemos deixar de abordar e nem usá-los a nosso favor para ampliar o conhecimento de nossos alunos e nossa abordagem eduacacional. Alguns dos gêneros usados na internet são polêmicos, mas podem contribuir para a aprendizagem e ser fonte de muita analise.
    2- Falar em fronteira entre oralidade e escrita nos gêneros usados na internet pelos adolescentes é buscar algo quase impossível, já que a internet tem se tornado um lugar de inovações tecnelógicas e linguísticas.

  17. Lindo Site…..

    • Olá Bernardo!

      Obrigada!

  18. QUESTÃO 1:
    Com as novas tecnologias surgiram os novos gêneros textuais. Isso é muito positivo, mas é necessário que haja uma reflexão sobre as novas práticas de leitura e escrita mediadas pelos meios eletrônicos. A linguagem dos internautas é prática e rápida. Para os linguistas a escrita cibernética é mais uma forma de comunicação. Então, será preciso acostumarmos com essa nova grafia. Há diversos outros gêneros textuais que surgiram junto à internet, como chats, cursos virtuais, tornando a prática de escrita mais presente. A produção de blogs também é um gênero que se tornou bastante interessante na vida das pessoas. Portanto, a idéia de usar os novos gêneros em sala de aula precisa ser bem trabalhada e ser realizada com participação ativa de alunos e professores como prática social.

    Questão 2:
    Os novos gêneros em relação à oralidade e escrita terão finalidade de grande importância no processo comunicativo. A circulação de textos em meio digital é imensa. Os blogs, por exemplo, utilizam texto escrito, vídeos, imagens, etc e são publicados pelo próprio autor. De certa forma, a facilidade de lidar com esse novo gênero textual atraem os indivíduos para a produção escrita, sendo que essa escrita é mais livre nos aspectos gramaticais, é mais informal. “A maioria dos blogueiros mantém mais de um blog de acordo com suas flutuações de espírito, mas há os que não mantêm nenhum e escrevem nos blogs dos outros ou em blogs públicos e abertos como livro de recados”, afirma Marcuschi (2004:67). Conhecer essas mudanças é fundamental para a compreensão de textos em meio eletrônico.

  19. Questão 01- A tecnologia nos traz possibilidades de ir além da sala de aula; o apelo audiovisual e outros tecnológicos, em tempo real, permite-nos um contato significativo com os múltiplos códigos que permeiam a realidade contemporânea e aos quais não podemos ficar alheios. Não podemos negar as novas tecnologias como aliadas ao trabalho com gêneros, já constituem ricos portadores de textos, incorporando com rapidez e dinamismo a língua viva.
    02 – Os gêneros, sem dúvida, sugerem um caminho seguro para que os alunos se desenvolvam como leitores e escritores. Através do estudo de diferentes gêneros textuais, propõe-se a aquisição progressiva de mecanismos estruturadores do texto oral e escrito. Isso se faz propiciando situações de comunicação oral real, ao lado disso, é necessário trabalhar com as noções de registro, níveis de linguagem e enunciação.

  20. 1-Acrdito que é de grande importância para o desenvolvimento da produção textual, seja ele oral, escrito, ou virtual. Já que estamos vivendo em um mundo modernizado temos que nos adequar a este processo evolutivo.

    2- Tenho percebido no decorrer das aulas ministradas que os alunos apresentam maior facilidade na produção oral do que na escrita. E tenho a convicção deste processo, pois a nossa fala veio primeiro do que a escrita.
    Por este motivo devemos incentivar as produções escritas com reflexões que levam ao cotidiano escolar.

  21. 1) Eu as vejo, não como criação “propriamente” de novos gêneros, mas sim como adequação dos gêneros preexistentes, gerando modificação tais que nos levam a crer que estamos deixando de mão os gêneros existentes e criando novos gêneros por meio dos desenvolvimentos tecnológicos de alto nível como telefonia, internet, etc.

    2) Trata-se de uma aproximação cada vez maior entre a oralidade e a escrita. Basta observar uma comunicação telefônica, que dá para observar a grande semelhança entre ambas. Da mesma forma mostra a comunicação por meio do e-mail, sendo que nesta a confusão entre uma e outra se torna mais nítida.

  22. 1) Eu as vejo, não como criação “propriamente” de novos gêneros, mas sim como adequação dos gêneros preexistentes, gerando modificação tais que nos levam a crer que estamos deixando de mão os gêneros existentes e criando novos gêneros por meio dos desenvolvimentos tecnológicos de alto nível como telefonia, internet, etc.

    2) Trata-se de uma aproximação cada vez maior entre a oralidade e a escrita. Basta observar uma comunicação telefônica, que dá para observar a grande semelhança entre ambas. Da mesma forma mostra a comunicação por meio do e-mail, sendo que nesta a confusão entre uma e outra se torna mais nítida.

  23. 1- Visto que o Português é uma língua viva, é previsível que ela sofra modificações, se renove e transforme.
    O “internetês” é uma prova disso; reinventa a Língua, moderniza-a e a rejuvenesce.
    Assim é a vida, o jovem sempre buscou formas de reinventar o mundo. Devemos a eles a modificação sofrida por uma língua na maioria das vezees por isso, é de extrema importância que o professor se atualize e se renove também.

  24. 2- Cada vez mais as fornteiras entre oralidade e escrita são derrubadas tais como o Muro de Berlim. Dando à Língua plasticidade e eficiência em torná-la viva.
    Com isso os gêneros também se tornam moldáveis a várias situações da “modernidad”.
    Atualmente, a austera divisão não mais existe e é possivel “sob diversos olhares” vislumbras g~eneros e mais gêneros…

  25. PDE GESTAR II

    Vircélia Azevedo Silva

    Relatório da Atividade I

    As atividades escolhidas foram as das páginas 23 a 25 LEITURAS DE ANÚNCIO. A atividade foi aplicada em uma turma de 5ª Série B da Escola Municipal Urbana Frei Eugênio onde os alunos em realizaram em grupo de quatro integrantes. No inicio com minha ajuda, fizeram à leitura das imagens, esclareci o que vem a ser um texto publicitário e os alunos foram aprendendo a ler as entrelinhas, as ideias implícitas de um texto que quer chamar a atenção principalmente do consumidor que é o público – alvo. A classe mostrou interesse nas novas informações e alguns alunos discutiam e responderam as questões propostas. É uma atividade bem elaborada, faz com o aluno pense, conheça e aprenda a ler outros tipos de gêneros textuais, como estes textos publicitários das atividades, pois as perguntas fazem com que os alunos explorem o texto, sabendo responder o que se pede.

  26. PDE GESTAR II

    Vircélia Azevedo Silva

    Relatório da Atividade II

    As atividades escolhidas pela professora Magna foram as das páginas 64 a 67 do PT3. A atividade foi aplicada em duas turmas da 5ª Séries B,C da Escola Municipal Urbana Frei Eugênio onde os alunos realizaram em grupos de quatro a cinco alunos. No inicio leram o texto 1 juntos, fizeram o comentário juntos e depois relataram que o grupo achou melhor, depois com os demais textos. Logo em seguida distribui folhas chamex e os grupos fizeram recortes e cópias de textos perante a realidade deles, usaram cola, jornais, poesias atualizadas e um de cada grupo passaram o trabalho a limpo entregando-me logo em seguida. Adoraram as atividades, interagiram no ato da escrita. Foi uma aula prazerosa e agradável sendo que todos ficaram envolvidos.

  27. .

  28. Ótimo questionamento!!
    Fico muito feliz em saber que o Gestar está florindo e em breve dará muitos e muitos frutos!!!
    Meus parabéns a todos!!
    Abraços

    Djalma Gomes
    djalmabsb@gmail.com

  29. 1-As inovações tecnológicas é de suma importância no mundo globalizado de hoje,devemos acompanhá-los da melhor forma possível contribuindo para a melhoria da aprendizagem na sala de aula.

    2- A comparação entre a linguagem oral é uma conversa informal e a linguagem escrita é mais complexa e presente em textos acadêmicos,a qual os estudantes tem mais dificuldade em escrever. Ambas são modalidades discursivas da língua portuguesa observando seu uso de variações linguistícas.

  30. 1- As inovações tecnológicas só poderão contribuir para a ampliação e conhecimento de novos gêneros textuais. O educador tem que se aperfeiçoar e acompanhar a era digital levando para a sala de aula diferentes textos atualizados.

    2-Muito se tem discutido à respeito da oralidade e da escrita nas dias atuais.Ambas se fundam no processo de produção de seus textos formais e informais.A linguagem oral depende da linguagem escrita e vice versa.

  31. 1-As inovações tecnológicas é de suma importância no mundo globalizado de hoje,devemos acompanhá-los da melhor forma possível contribuindo para a melhoria da aprendizagem na sala de aula.
    2- A comparação entre a linguagem oral é uma conversa informal e a linguagem escrita é mais complexa e presente em textos acadêmicos,a qual os estudantes tem mais dificuldade em escrever. Ambas são modalidades discursivas da língua portuguesa observando seu uso de variações linguistícas.

  32. 1. 1- As inovações tecnológicas só poderão contribuir para a ampliação e conhecimento de novos gêneros textuais. O educador tem que se aperfeiçoar e acompanhar a era digital levando para a sala de aula diferentes textos atualizados.
    2-Muito se tem discutido à respeito da oralidade e da escrita nas dias atuais.Ambas se fundam no processo de produção de seus textos formais e informais.A linguagem oral depende da linguagem escrita e vice versa.

  33. Relatório da 1ª atividade feita com alunos (02/06/09)

    Atividade escolhida foi a da página 15 do AAA 3.
    7ª série

    Os alunos leram em voz alta; uns porque queriam, outros porque pedi.

    Interessaram-se muito pelo segundo tema, “turismo sexual”; despertou a curiosidade deles porque não tinham uma ideia certa do que era… fizeram relação com casos de abuso sexual, principalmente da família; influência de notícias da TV.
    O texto foi identificado como recado, retrato, anúncio, aviso e notícia.
    Expliquei a diferença entre propaganda, publicidade e anúncio.

    Ao contrário do que dizia o manual, foi difícil para eles identificarem como diário o primeiro texto. Particularmente, até eu mesma não percebi no começo.
    Achei bem diferente dos que eu mesma escrevia na adolescência. Talvez se fosse uma página de agenda, usada pelos adolescentes de hoje para diário, seria mais fácil.
    A maioria identificou o texto como sendo uma descrição.
    Depois de explicar que se tratava de uma página de diário, eles concluíram que diário é:
    Escrever sobre a “gente” e sobre fatos do dia a dia.
    Algumas alunas faziam diário e duas fazem até hoje.
    Foi unânime a ideia que “só faz isso quem é menina”.
    Uma aluna diz que se lembrava que o autor Elias José fez uma palestra na cidade quando Lea estava na 4ª série.

  34. Boa noite professora?!
    Eu mandei para você o relatório da Atividade I e da Atividade II você recebeu? Ou prefere que levo no nosso encontro?
    Beijos…
    Saudades……….
    Vircelia

    • Olá Vircelia!
      Tudo bem?
      Recebi o relatório, obrigada.

      Saudades,

  35. 1) A evolução dos tempos deixa claro a necessidade priori de haver mudanças em todos segmentos da sociedade. Assim, a língua enquanto instrumento de comunicação através dos variados gêneros textuais e tecnólogias também modifica-se, passo a passo, conforme as demandas históricas e culturais. Entendo que a tecnológia veio para auxiliar nosso trabalho, pois é mais um recurso significativo, que deve ser explorado com eficácia.

    2) A oralidade e a escrita caminham junto, sabemos que a escrita requer mais cuidado, uma vez que é caracterizada por normas cultas. No entanto, ambas são interligadas quanto ao gênero, a linguística, a produção em geral, favorecendo a construção da auto aprendizagem real e a do próximo.

  36. Questão 1
    Nas variações dialetais. São elas que tem feito as inovações tecnológicas criarem novos gêneros. Inovar é inventar. É por a fala na escrita. É produzir do polêmico até o cômico sem perder o sentido do que se quer que seja focado.

    Questão 2
    Sem barreiras. A fala está, nos dias atuais, bem explícitas na escrita.

  37. GESTAR II

    1) Contribuem para ordenar e estabilizar as atividades comunicativas do nosso dia-a-dia. São mais maleáveis e dinâmicas. São de grande importância no mundo da globalização e para uma visão de mundo. Com as inovações tecnológicas é perceptível que os gêneros textuais atuais são maiores, onde presenciamos uma explosão de novas formas de comunicação, tanto na oralidade como na escrita.

    2) A tecnologia favorece o surgimento de formas inovadoras, possibilitando a redefinição de alguns aspectos da linguagem em uso, como a relação entre a oralidade e a escrita desfazendo as suas fronteiras. Criam e desafiam relações entre a oralidade e a escrita. Conhecendo novos gêneros, a linguagem torna-se mais rica e desafiadora.

  38. 1) Diante de tantas inovações tecnológicas e avanços cada vez mais rápidos,não só os educadores bem como toda a sociedade deve valorizar e apropriar-se desses novos gêneros textuais para não somente complementar, mas também aprimorar o estudo da linguagem estreitando-o com a realidade dos educandos, que estão cada vez mais informatizados.

    2) Ao se deparar com a dificuldade enfrentada diante da transposição da fala para a escrita de alguns alunos, o surgimento desses novos gêneros talvez seja um meio eficaz de auxiliá-los. Assim sendo, é dada ao professor a oportunidade de ser o mediador deste processo, que levará os educandos também à adequação de sua linguagem nos diversos contextos sociais em que a mesma será exigida.

  39. 1 – Os gêneros textuais situam, surgem e interligam –se nas culturas que se desenvolvem, porque possuem funções comunicativa e cognitiva, com peculiaridades lingüísticas e estruturais.
    Novas tecnologias, em especial as ligadas a área de comunicação propiciam o surgimento de novos gêneros textuais; esses gêneros não são inovações absolutas, sem uma base em outros gêneros já existentes .Bakhtin [1997],assim gêneros textuais modernos favorem a comunicação, escrita e a oralidade.

    2 – A oralidade é favorecida pela comunicação espontânea, pois as barreiras são transpostas e as pessoas não se preocupam em grafar tão corretamente( preocupação escolar) , a maior preocupação é em comunicar passar a informação, portanto os gêneros textuais como: email, torpedos, charges, slogans… são exemplos claros dessa modalidade nova que surge.Aparelhos que fornecem acesso à meios modernos, são facilmente manuseados e popularizados, assim com certeza escrita e oralidade serão beneficiadas.

    • Estimados Professores Cursistas.

      Leitura, escrita, leitura, escrita, fazem parte de nosso cotidiano docente.
      Bakhtin (1977) falava na “transmutação” dos gêneros e na assimilação de um gênero por outro gerando novos.
      Nos últimos séculos foram às novas tecnologias, em especial as ligadas à área de comunicação, que propiciaram o surgimento de novos gêneros textuais. Por certo, não são propriamente as tecnologias per se que originam os gêneros e sim a intensidade dos usos dessas tecnologias e sua inferências nas atividades comunicativas diárias.
      Esses gêneros emergentes fazem nova relação com o uso da linguagem possibilitando redefinição de alguns aspectos centrais da linguagem em uso, como a relação entre a oralidade e a escrita desfazendo suas fronteiras na construção da linguagem.
      Texto… é lugar de constituição e de interação de sujeitos sociais, como evento, portanto, em que convergem ações lingüísticos, cognitivas e sociais ( Beaugrande,1997),ações por meio das quais se constroem interativamente os objetos de discurso e as múltiplas propostas de sentido, como função de escolhas entre as inumeráveis possibilidades de organização textual que cada língua lhes oferece.Então você compreenderá que o texto é um conjunto histórico e social, extremamente complexo e multifacetado, cujos segredos 9quase ia dizendo mistério) é preciso desvendar para compreender melhor esse “milagre” que se repete a cada nova interlocução-interação pela linguagem, linguagem que, como dizia Carlos Franchi, é a atividade construtiva.( Kock,2001)

      Agradeço a participação efetiva de todos e assim dou por encerrada essa primeira atividade do curso Gestar II.

      Obrigada e beijos em vossos corações.

      Magna

      “O presente é o resultado do passado, mas também é uma semente para o futuro.” Sathya Sai Baba

  40. Professora obrigada por ter visitado o meu blog, fiquei feliz. Beijos até o próximo encontro. Fuiiiiiiiiiiiiiiii

  41. Uma vez que redefine novos padrões no âmbito do ato comunicativon e de suma importância, pois não basta dominar a língua instituída, mas sim dominar as tecnologias disponíveis no século XXI.É primordial as inovações tecnológicas no mundo de hoje .Com o avanço tecnológico é perceptível que os gêneros textuais atuais estejam em diversas situações do cotidiano e diante tantas inovações e avanços cada vez mais rápidos, faz saber que não só os educadores bem como toda a sociedade deve valorizar e apropriar-se desses novos gêneros .

  42. A atividade aplicada em sala de aulade 5ª série, sobre gêneros textuais foi bastante aproveitosa. A sala foi dividida em três grupos. O grupo “A” relatou como deve ser “O Verdadeiro Amigo”, no estilo de receita. O grupo “B” fez em estilo de noticiário com uma manchete bem chamativa “Procuro o Namorado dos Meus Sonhos” e o grupo “C” relatou com deve ser “A Escola Ideal” com estilo de horóscopo. (Atividades entregues na aula de 13/08/09). Antes de aplicar a atividade, eu fiz um rápido comentário a respeito dos diferentes tipos de textos, sem dizer as suas respectivas características. Pedi para a turma formarem os grupos e escrevi algumas sugestões na lousa. No início os alunos ficaram bastante duvidosos com o que escrever. Então reforcei: – Vocês algumas vez já tiveram a curiosidade de ler o seus respectivos horóscopos? A resposta que tive foi a de uma aluna tirando sua revistinha (aquelas que todo adolescente gosta) da mochila. O que diz um horóscopo? Então o grupo respondeu: -Ah! e começaram a trocar ideias e escreverem o texto. O mesmo fiz com os demais grupos. Assim que todos me entregaram a atividade, começamos um debate: -Que características apresentam um texto narrativo? Ele pode ser comparado a um noticiário? Por que? O que apresenta em uma receita culinária que nos afirma que realmente se trata de uma receita. Entre outras perguntas que iam surgindo durante o debate. A resposta da turma foi bem coerente e aqueles que estavam com dúvidas iam ouvindo os outros colegas e por fim estavam também respondendo às perguntas. Taí uma forma de avaliação. O aluno realmente entendeu o meu objetivo? A partir do meu processo de avaliação pude perceber que sim. Ainda não tive a oportunidade de discutir essa prática com colegas e coordenadores da escola, mas com certeza estarei passando no nosso próximo encontro.

  43. Professora, te desejo um feliz aniversário, muita saúde, muito dinheiro e muito sucesso. Felicidades!

  44. RESPOSTA 1: A educação está rodeada com as novas tecnologias e os novos gêneros textuais nos surpreendem a cada dia. Isso é muito positivo, mas é necessário que haja uma reflexão sobre as novas práticas de leitura e escrita mediadas pelos meios eletrônicos.

    RESPOSTA 02.
    A oralidade e a escrita são pilares que sustentam o processo comunicativo. Quanto maior a diversidade de gêneros, maior será a necessidade de adequação do falante/ouvinte em diferentes situações de uso. Formar sujeitos competentes, e fazê-los usuários da língua em diferentes contextos sociais é o nosso desafio.

  45. Resposta 1: Os novos gêneros surgidos com as inovações tecnológicas vieram para substituir e complementar, mas não eliminar os gêneros tradicionais. O que ocorre numa sociedade virtual é que a rapidez e praticidade desse meio propiciam maior interatividade. A cada dia surge um novo tipo de interação e novos gêneros que a própria natureza da tecnologia favorece. Os tipos variados já existentes irão com certeza, dar lugar a outros que virão e com eles a necessidade de dar continuidade aos estudos e análises dos tipos inovadores. Todos esses gêneros, e ainda os que virão com a criatividade da internet, nos remete a uma maior interação social e interpessoal, a qual proporciona uma interação mundial e compartilhamento de experiências que impulsionam o desenvolvimento interativo de toda uma sociedade.

    Resposta 2: Os gêneros digitais demonstram uma transformação nos textos e na escrita do cotidiano das pessoas, os quais carregam em si, múltiplas semioses e um hibridismo entre a modalidade oral e escrita. O novo conceito de textos que surge tem caráter interativo e participativo, dando lugar ao que é conhecido como hipertexto, um tipo de texto virtual que traz consigo uma maneira diferente de comunicar, que envolve, não só os elementos textuais, mas também imagens, sons e links que transportam o leitor para diversos tipos de textos, possibilitando uma interação participativa e até mesmo colaborativa, dependendo do seu formato. A presença de links nos hipertextos permite a interconexão com outras fontes de informação, tornando uma grande rede de relações e formações de significados dentro da esfera textual, estabelecendo uma ampla intertextualidade virtual. A velocidade com que aparece, a cada dia, novos meios de se comunicar por meio da internet ou outros equipamentos eletrônicos, faz com que os recursos lingüísticos usados na comunicação, reunam neste meio, várias formas de expressão que incluem som e imagem, o que promove uma atração maior que os meios convencionais, como o telefone ou até mesmo a televisão, de repente pela maior privacidade que oferece.

  46. Bom material!!
    Ótimas respostas!!
    Muito bom o material do pessoal de “Beraba”…

    Abraços

    Djalma – UnB

  47. Mis felicitaciones Prof. Magna muy interesante y pedagógico.

    • Muchas Gracias, Sr prof Consulting!!

      Saludos,


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: