Publicado por: masfg | abril 6, 2010

Gramáticas- Normativa, Descritiva e Internalizada

Queridas e Querido!

Vamos trabalhar o TP2, que fala de Gramática. E ninguém melhor do que nosso grande Monteiro Lobato nas suas histórias do “Sítio do Pica Pau Amarelo” uma de sua mais famosa obras. No trecho abaixo narizinho corrige sua avó D.Benta por ter feito um…

Erro” de gramática:”Pilhei a senhora num erro!”, gritou Narizinho. “A senhora disse: ‘Deixe estar que já te curo!’ Começou com o Você e acabou com o Tu, coisa que os gramáticos não admitem. O ‘te’ é do ‘Tu’, não é do ‘Você'”…
“E como queria que eu dissesse, minha filha?”
“Para estar bem com a gramática, a senhora devia dizer: ‘Deixa estar que já te curo’.”
“Muito bem. Gramaticalmente é assim, mas na prática não é. Quando falamos naturalmente, o que nos sai da boca é ora o você, ora o tu; e as frases ficam muito mais jeitosinhas quando há essa combinação do você e do tu. Não acha?”
“Acho, sim, vovó, e é como falo. Mas a gramática…”
“A gramática, minha filha, é uma criada da língua e não uma dona. O dono da língua somos nós, o povo; e a gramática – o que tem a fazer é, humildemente, ir registrando o nosso modo de falar. Quem manda é o uso geral e não a gramática. Se todos nós começarmos a usar o tu e você misturados, a gramática só tem uma coisa a fazer… ”
“Eu sei o que é que ela tem a fazer, vovó!”, gritou Pedrinho. “É pôr o rabo entre as pernas e murchar as orelhas…”
Dona Benta aprovou. (…)
(Monteiro Lobato. Obra Completa. “Fábulas”, São Paulo, Editora Brasiliense)

A gramática e a fala

No Brasil, é comum usar às vezes “tu” e às vezes “você. E esse é apenas um exemplo da diferença que há entre o que diz a regra da gramática normativa e a língua falada.

Quer outro exemplo? Leia um conhecido poema de Oswald de Andrade, um dos organizadores da Semana de Arte Moderna, em São Paulo, em 1922. Naquele momento, os artistas queriam uma nova arte brasileira, incluindo a literatura, com mais liberdade estética em suas criações.

pronominais
Dê-me um cigarro
Diz a gramática
Do professor
E do mulato sabido
Mas o bom negro e o bom branco
Da nação brasileira
Dizem todos os dias
Deixa disso camarada
Me dá um cigarro

Analise bem o primeiro verso (“Dê-me um cigarro”) e o último, (“Me dá um cigarro”). No primeiro caso, temos o pronome “me” colocado depois do verbo – a regra da gramática normativa diz que se deve usar a ênclise, ou seja, o pronome deve ser colocado depois do verbo, quando não há nenhuma palavra que atraia o pronome.

No segundo, o pronome “me” vem antes do verbo, o que contraria a regra citada. No entanto, a forma “Me dá” no lugar de “Dê-me” é bastante usada, até mesmo pelos falantes mais escolarizados. Essa é uma clara demonstração de que há regras diferentes sendo acionadas em cada caso.

Por que isso acontece? Uma boa forma de explicar é conhecer a complexidade da língua e de suas gramáticas. É, você não leu errado, não. Existem diversas “gramáticas”.

Tipos de gramática

Vamos falar de três deles, retomando, no quadro a seguir, o que o conceituado lingüista brasileiro – Sírio Possenti – defende.

Gramática Normativa- Conjunto de regras que devem ser seguidas e obrigaçãoes: assemelha-se á lei jurìdica.

 Gramática Descritiva- Conjunto de regras que são seguidas,busca pelas regularidades da língua: asemelha-se á lei da natureza.

Gramática Internalizada- Conjunto de regras que o falante domina,é a língua em situações de uso pelo falante: são conhecimentos/usos lingüísticos dos falantes, com regras implícitas (sem que se tenha consciência delas, muitas vezes)

Gramàtica Normativa -Conjunto de regras que devem ser seguidas.

No TP2  seção 2 fala da gramática descritiva e o ensino reflexivo.

Observe a gravura acima e observe  a  forma como  foi escrita. Em seguida responda as questões abaixo:

a-Você teve facilidade ou dificuldade para entender o texto escrito na carroça?.Justifique

b-Que marcas linguísticas indicam pouco letramento do locuotor?

c-Que  registro de diferentes  linguagens hà na voz dos criadores do anuncio?

 d-No texto Pluft,o fantasminha de Maria Clara Machado(TP2.pg22)a partir do dialogo entre Maribel e Plufit, que tipo de atividades de ensino descritivo/reflexivo podemos construir?

e-No texto  A tinta de escrever de Millor Fernandes (TP2.pg26) qual é a intençao do autor ao escreve-lo?Que elementos foram criados que indicam humor? E no ensino de redação?

f-Faça um texto descritivo ou narrativo, tendo como base os dois textos acima.

Beijo no coração,

Magna


Responses

  1. Observe a gravura acima e observe forma como a qual foi escrita. Em seguida responda as qiestões:

    a-Você teve facilidade ou dificuldade para entender o texto escrito na carroça?. Justifique

    Por eu ja possuir um conhecimento prévio consegui ler, mas se não o tivesse não teria lido com facilidade e compreendido a mensagem.

    b-Que marcas linguísticas indicam pouco letramento do locutor? Porque ele escreve em letra de forma e maiúsculo, inclusive emendando as palavras, e o uso inadequado do pronome oblíquo; se, percebe-se que o moço não possui estudo, mas isso não o impede de trabalhar.

    c-Que registro de diferentes linguagens ha na voz dos criadores do anuncio? A linguagem escrita com pouca coerencia, analisando pela gramática, só que ele escreveu conforme ele fala, percebemos a falta de cultura dele, mas isso é normal hoje em dia.

    d-No texto Pluft,o fantasminha de Maria Clara Machado(TP2.pg22)a partir do dialogo entre Maribel e Plufit, que tipo de atividades de ensino descritivo/reflexivo podemos construir?
    O texo nos mostra que a menina após o desmaio de susto do fantasminha, não teve mais medo dele, e passou a fazer uma série de perguntas indagando sobre se a mãe também era um fantasma como ele, e aí o fantasminha ficou meio bravo e respondeu ela rispidamente.

    e-No texto A tinta de escrever de Millor Fernandes (TP2.pg26) qual é a intenção do autor ao escreve-lo?;Que elementos foram criados que indicam humor?;E no ensino de redação?
    Mostrar ao leitor a importancia da tinta que escreve, porem não apaga e o erro prevalecerá para sempre enquanto se a escrita for feita a lápis não ocorrerá esse perigo porque o grafite se apaga. A foma que o texto foi escrito, com muitas curiosidades e isso faz com que o leitor interesse pela leitura. É um texto curto prem rico em informações para o estudante propiciando um assunto interessate para ser descrito e ou narrado. o autor critica a tinta, pois essa é para a vida, ao escrever certo ou errado, é quase como um filho você não diz ex-filho, será seu filho eternamente assim é a tinta.

    f-Faça um texto descritivo, tendo como base os dois textos acima. Eu com o meu conhecimento faria o primeiro texto de forma diferente:
    Faz-se carreto ou fazemos fretes; buscamos, latinhas, alumínios, carpino terreno, que interressar pelos meus serviços tratar pelo telefone: 963-8740. ou ainda:

    Limpa-se terrenos, fazemos fretes, compramos latinhas e alumínios a quem possa interressar tratar pelo telefone: 963-8740. Falar com André.
    de acordo com o segundo texto temos:

    Neste mostra o diálogo de uma menina “gente” converssando com um fantasminha, porem legal, e o diálogo dos dois é interressante pois parece que o fantasminha nunca tinha converssado com um ser humano porque diante de todos que ele aparecia desmaiavam e ele não cosegui converssar, com gente e quando a mãe dele perguntou com quem ela estava falando , respondeu cheio de orgulho “com gente”.

    • 1a-Não tive dificuldade, pois apesar de apresentar desvios ortográficos, a mensagem está clara e houve comunicação.
      b-Ele escreveu da forma como se fala.Ex.pego, velio.
      c-Há a presença da linguagem formal e informal, verbal e não verbal.
      d-A estrutura do texto teatral, discurso direto e indireto, dramatização.
      e-Brincar com o ato de escrever, o que para muitos é penoso. o humor está no fato de atribuir o erros a um simples vidro de tinta.No ensino de redação, subentende-se que é permitido errar e reescrever o texto quantas vezes for necessário.
      f-Tintas, papéis, pincéis!
      Ei, é preciso pintar placas,
      Erros são permitidos?
      Depende…
      Se eu errar,
      A tinta vou culpar.
      Quem sabe um fantasminha
      Possa com sua gramática ajudar.
      Afinal vende-se latinhas ou
      Vendem-selatinhas?

  2. Obeservação na letra “f” foi escrito …humano porque diante de todos que ele aparecia desmaiavam e ele não cosegui converssar, com gente e quando a mãe dele perguntou com quem ele estava falando , respondeu cheio de orgulho “com gente”.

    A palavra cosegui é na verdade consegue converssar, porque as pessoas se assustavam e desmaivam de medo dele, e ele não dialogava, somente com a menina Maribel que ele conseguio finalmente conversar, isso o deixou muito entusiasmado.

  3. Atividade no Blog do TP2 – Seção 2 – A gramática descritiva e o ensino reflexivo

    No TP2 seção 2 fala da gramática descritiva e o ensino reflexivo.
    Observe a gravura acima e observe a forma como foi escrita. Em seguida responda às questões abaixo:

    a- Você teve facilidade ou dificuldade para entender o texto escrito na carroça?.Justifique
    R.: Apesar de não estar de acordo com a norma culta, foi fácil entender a mensagem que o texto emite.

    b- Que marcas linguísticas indicam pouco letramento do locutor?
    R.: O uso inadequado do pronome pessoal oblíquo, a palavra “velio”, palavras emendadas, etc.

    c- Que registro de diferentes linguagens há na voz dos criadores do anúncio?
    R.: Há a presença da linguagem tanto formal quanto informal.

    d- No texto Pluft,o fantasminha de Maria Clara Machado(TP2.pg22) a partir do diálogo entre Maribel e Plufit, que tipo de atividades de ensino descritivo/reflexivo podemos construir?
    R.: Podemos fazer com os alunos uma leitura dramatizada do diálogo.

    e- No texto A tinta de escrever de Millôr Fernandes (TP2.pg26) qual é a intenção do autor ao escrevê-lo? Que elementos foram criados que indicam humor? E que elementos criticam o ensino de redação?
    R.: A intenção do autor é a de provocar humor e criticar a atitude de professores que condenam o erro ortográfico. A simplicidade da criança que acredita que no vidrinho de tinta é que estão os erros que a professora condena. O autor também critica implicitamente o ensino de redação que é baseado mais na preocupação com as questões ortográficas do que com a preocupação em formar escritores conscientes.

    f- Faça um texto descritivo, tendo como base os dois textos acima.
    O menino aflito grita para a mãe:
    _ Manhê, me ajuda a fazer a tarefa de Português?
    _ E qual é a tarefa, filhinho?
    _ Escrever um texto sobre as minhas férias.
    _ Ora, filho é só você contar o que você fez nas férias na casa da vovó, as brincadeiras com seus primos e tudo mais que você gostou de fazer…
    _ Isso eu sei né, mãe, o que eu não alembro é se redação se escreve com s ou ç…

  4. ATIVIDADE DO BLOG – TP2 – SEÇÃO 2
    A GRAMÁTICA DESCRITIVA E O ENSINO REFLEXIVO
    No TP2 seção 2 fala da gramática descritiva e o ensino reflexivo.
    Observe a gravura acima e observe forma como a qual foi escrita. Em seguida responda as questões:
    a – Você teve facilidade ou dificuldade para entender o texto escrito na carroça?.Justifique
    R – Foi fácil de entender o texto apesar de como foi escrito.
    b-Que marcas linguísticas indicam pouco letramento do locutor?
    R-O emprego do pronome oblíquo se; palavras sem espaço; concordância verbal e nominal.
    c-Que registro de diferentes linguagens ha na voz dos criadores do anuncio?
    R – Há a presença da linguagem formal como a informal.
    d-No texto Pluft,o fantasminha de Maria Clara Machado(TP2.pg22)a partir do dialogo entre Maribel e Pluft, que tipo de atividades de ensino descritivo/reflexivo podemos construir?
    R-Podemos fazer com os alunos uma leitura dramatizada do diálogo
    e-No texto A tinta de escrever de Millor Fernandes (TP2.pg26) qual é a intenção do autor ao escreve-lo?;Que elementos foram criados que indicam humor? E no ensino de redação?
    R-A intenção foi fazer humor e criticar o professor que condena o erro ortográfico. A simplicidade da criança que acredita que no vidrinho de tinta podem estar os erros de português. O autor crítica que no estudo da redação se preocupa mais com a questão ortográfica do que com a preocupação em tornar grandes escritores.
    f- Faça um texto descritivo ou narrativo, tendo como base os dois textos acima.
    Domingo à tarde, passo em frente a um ponto de ônibus onde se encontra uma criança sozinha com doze anos. Ao seu lado encontra-se um cartaz com os seguintes dizeres “TENHO LARANJAS CAIPIRAS, SAUDÁVEIS E SABOROSAS”.
    Mas ao mesmo tempo a criança parece assustada com alguma coisa. Resolvi parar para conversar com ele.
    ___ Por que você parece assustado?
    ___È porque sinto medo de me acontecer alguma coisa comigo?
    ___ Por quê?
    ___ Porque já ouvi muitos comentários sobre fantasmas.
    ___Mas eles não existem. É só brincadeiras de crianças e adultos.

    Beijo no coração,
    Magna
    Deixe um comentário
    Publicado em Gestar II

  5. a) Apesar da utilização da linguagem informal, é possível compreender o que está escrito.
    b) A forma incorreta de escrever as palavras.
    c) Há registros de linguagem formal, informal, verbal e não-verbal
    d) Entre outras atividades, podemos trabalhar com a transcrição do discurso direto em indireto; exploração da leitura oral do diálogo e dramatização do diálogo.
    e) A intenção do autor é descrever a tinta de escrever e ao mesmo tempo criar um certo humor no texto através da escolha vocabular no final do texto. No ensino de redação é possível explorar o texto descritivo, informativo, humorístico através da leitura e produção.
    f) Meu diário
    O diário é meu melhor amigo e companheiro, principalmente nas horas em que preciso de alguém para conversar. Hoje eu já optei pelo diário virtual. Comunico-me com meus amigos com muita criatividade.

  6. a)Facilidade porque embora seja a linguagem informal, nós podemos entender o texto.
    b-Os erros ortográficos presentes no texto
    c-Há registros de linguagem formal, informal, verbal e não-verbal
    d-Entre outras atividades, podemos trabalhar com a transcrição do discurso direto em indireto; exploração da leitura oral do diálogo e dramatização do diálogo.
    e-A intenção do autor é descrever a tinta de escrever e ao mesmo tempo criar um certo humor no texto através da escolha vocabular no final do texto. No ensino de redação é possível explorar o texto descritivo, informativo, humorístico através da leitura e produção.
    f-Meu computador
    O computador é um instrumento que utilizamos para comunicação e exploração virtual. Sem dúvida é uma forma que tenho para estar perto das pessoas mesmo que esteja longe. Hoje é um meio que todos nós precisamos para nos comunicar e adquirir mais conhecimentos pela globalização.

  7. a)Facilidade porque a linguagem usada é a coloquial.

    b) Erros ortográficos e de concordância.

    c) Registros de linguagem formal, informal, verbal e não-verbal.

    d) Retextualização do texto, transcrição do discurso direto em indireto; poematização do texto.

    e) A intenção do autor é descrever e criar humor no texto através da escolha vocabular no final do texto. No ensino de produção textual é possível explorar o texto descritivo, informativo, humorístico através da leitura e produção.

    f) Minha Caneta

    A caneta é minha melhor companheira das horas de registros e assim posso ‘conversar’ com essa inseparável amiga de todos os dias e de todas as horas. Hoje optei pela caneta do mundo virtual , o teclado do computador,uso de cores e formas diferentes a todo momento. Comunico-me com meus amigos com muitas cores e formas em fontes variadas.

  8. A) Apesar de estar escrito em Linguagem Informal, foi possível decodificar o que estava escrito pelo conhecimento do dia-a-dia.

    B) O uso inadequado do pronome oblíquo, a conncordância verbal e nominal.

    C) Forte presença de Linguagem Informal com alguns aspectos da Lingaugem Formal, Verbal e Não- verbal.

    D) Discussão do texto, transposição para a Linguagem Formal.

    E) A intenção do autor foi criar um certo humor no texto através do vocabulário.

    F) Meu mundo virtual

    A melhor maneira que encontro em expressar o que sinto é através das teclas do meu PC.
    Viajo pelo mundo sem fronteiras, conheço pessoas e digito todos os meus sentimentos em diferentes cores e contextos.

  9. Observe a gravura acima e observe a forma como foi escrita. Em seguida responda as questões abaixo:
    a- Você teve facilidade ou dificuldade para entender o texto escrito na carroça?.Justifique.
    Tive facilidade para entender a mensagem, porém não deixando de notar os erros gramaticais.
    b- Que marcas linguísticas indicam pouco letramento do locutor?
    Nos erros de concordância gramatical (Faço-se); (Limpo-Terreno e Pego Latinha- E Alumínio Velho).
    c-Que registro de diferentes linguagens hà na voz dos criadores do anuncio?
    d-No texto Pluft,o fantasminha de Maria Clara Machado(TP2.pg22)a partir do dialogo entre Maribel e Pluft, que tipo de atividades de ensino descritivo/reflexivo podemos construir?
    Teatro, paródia,etc.
    e-No texto A tinta de escrever de Millor Fernandes (TP2.pg26) qual é a intençao do autor ao escreve-lo?Que elementos foram criados que indicam humor? E no ensino de redação?
    Criar uma crítica em relação a escrita.O vidrinho de tinta. Os erros visíveis.
    f-Faça um texto descritivo ou narrativo, tendo como base os dois textos acima.

  10. a-Você teve facilidade ou dificuldade para entender o texto escrito na carroça?
    Nenhuma dificuldade… a leitura visual antecipa o que se deve esperar do texto.

    b-Que marcas linguísticas indicam pouco letramento do locuotor?
    Os erros ortográficos, concordância…

    c-Que registro de diferentes linguagens hà na voz dos criadores do anuncio?
    A linguagem informal para anunciar e a formal para assinar o anúncio.

    d-No texto Pluft,o fantasminha de Maria Clara Machado(TP2.pg22)a partir do dialogo entre Maribel e Plufit, que tipo de atividades de ensino descritivo/reflexivo podemos construir?
    Releituras em suas variadas formas.

    e-No texto A tinta de escrever de Millor Fernandes (TP2.pg26) qual é a intençao do autor ao escreve-lo?Que elementos foram criados que indicam humor? E no ensino de redação?
    Intenção de mostrar as dificuldades advindas da evolução. Para indicar humor,
    ele usou a espontaneidade da criança.

    f-Faça um texto descritivo ou narrativo, tendo como base os dois textos acima.
    Antes eu via o carteiro com freqüência… hoje não. Percebi que não são magros… mas eles eram. As cartas hoje viajam de forma diferente… e o carteiro anda muito menos do que antes. E uma coisa que eu não sei é como tantas cartas viajam, sem o carteiro e dentro de fios tão fininhos.

  11. a- Não devido a conhecimentos adquiridos, caso contrário, a facilidade nao seria tanta.

    b- Tipo da letra, palavras juntas; o autor não possui conhecimentos linguisticos, mas procura desempenhar seu rabalho com satisfação. Fala alegre ao celular!!!!

    c- O trabalhador escreveu com fala, deve ter frequentado pouco a escola.

    d- Com o susto do fantasminha, mostra que a menina passou a fazer muitas perguntas , o fantasminha não gostou e foi ríspido com ela.

    e- A tinta tem importancia, o erro continuará; com o lápis o erro poderá ser apagado. O texto contém muitas observações, que poderão ser narradas ou descritas.

  12. a) Você teve facilidade ou dificuldade para entender o texto escrito na carroça?.Justifique
    tive dificuldade, já que tudo está escrito junto, sem espaço para separar as palavras.

    b) Que marcas linguísticas indicam pouco letramento do locutor?
    O uso de letras maiúsculas, emendando as palavras, concordância gramatical incorreta

    c) Que registro de diferentes linguagens há na voz dos criadores do anúncio?
    Há presença de linguagem formal e informal

    d) No texto Pluft,o fantasminha de Maria Clara Machado(TP2.pg22) a partir do diálogo entre Maribel e Plufit, que tipo de atividades de ensino descritivo/reflexivo podemos construir?
    Discurso direto e indireto, leitura dramatizada.

    e) No texto A tinta de escrever de Millor Fernandes (TP2.pg26) qual é a intenção do autor ao escrevê-lo?Que elementos foram criados que indicam humor? E no ensino de redação?
    É a de provocar humor e criticar a atitude de professores que condenam o erro ortográfico e o ensino de redação que se preocupa mais com as questões ortográficas do que com a preocupação em formar escritores conscientes.
    f) Faça um texto descritivo, tendo como base os dois textos acima.
    Ultimamente o meu computador tem sido meu melhor amigo, tanto profissional quanto pessoalmente. Nele preparo todas as atividades dos meus alunos, notas, falo com meus amigos, obtenho informações, desabafo (às vezes). Enfim, tem resolvido a maior parte dos meus problemas e não me afasta das pessoas.

  13. Apesar da maneira que o texto foi escrito, foi facil entender o texto.

  14. a-Facilidade por eu já ter um conhecimento sobre o assunto .
    b-O uso inadequado do pronome oblíquo, a conncordância verbal e nominal.
    c-Há registros de linguagem formal, informal, verbal e não-verbal.
    d-Teatro, paródia, releituras,debate sobre o texto trabalhando a linguagem oral,etc.
    e-A intenção do autor foi criar humor no texto através do vocabulário.
    f-O computador é um instrumento que ultimamente tem servido para utilizarmos a comunicação com meus amigos e explorarmos os conteúdos virtuias , com isso pode apesar da distancia física ,o computador nos faz aproximar com os amigos,me sentindo mais próxima deles a cada instante.

  15. Observe a gravura acima e observe a forma como foi escrita. Em seguida responda as questões abaixo:

    a-Você teve facilidade ou dificuldade para entender o texto escrito na carroça?.Justifique
    O texto está na norma culta, foi fácil entender a mensagem que o texto transmite

    b-Que marcas linguísticas indicam pouco letramento do locutor?
    Devido a forma do texto escrito com letra de forma e maiúsculo, o uso inadequado do pronome pessoal oblíquo, desvio de concordância verbal e nominal,erros ortográficos .Não possui escolaridade escolar ,porém não o impede de trabalhar.

    c-Que registro de diferentes linguagens hà na voz dos criadores do anuncio?
    A linguagem informal para anunciar e a formal para assinar o anúncio.

    d-No texto Pluft,o fantasminha de Maria Clara Machado(TP2.pg22)a partir do dialogo entre Maribel e Plufit, que tipo de atividades de ensino descritivo/reflexivo podemos construir?
    Releituras ,teatro, paródia,leituras etc.

    e-No texto A tinta de escrever de Millor Fernandes (TP2.pg26) qual é a intençao do autor ao escreve-lo?Que elementos foram criados que indicam humor? E no ensino de redação?
    Criticar a escrita com humor

    f-Faça um texto descritivo ou narrativo, tendo como base os dois textos acima.

    Meu mundinho virtual

    Necessito de tudo tecnológico :luz ,máquina ,moto,carro, tv e computador .Sou dependente da tecnologia para tudo e principalmente o computador que mata saudades de pessoas queridas a qual estão longe .
    – Socorooooo!!!!!! O meu computador está doido está desligando e agora ????….
    Corro desesperado para alguém arrumar .
    Levo ele na asssistência e que alívio ele está de volta funcionando .
    E a dependência começa tudo de novo …..

  16. Questões:gramática descritiva (TP2)

    a) Facilidade. Só tivemos dificuldade para decifrar
    algumas palavras. Ex. véio

    b) O uso incorreto do verbo com o pronome, a ortografia incorreta, uso de símbolos que não são pontos separando as palavras.

    c) AS duas primeiras frases são informais “Tá procurando” e “Ligue pro”, enquando o da Anatel é em linguagem formal e técnica.

    d) Fazer um teatro ou imaginar um diálogo entre duas pessoas que estão constrangidas por alguma situação.

    e) A intenção é fazer humor. A ingenuidade da criança que acha que os erros estão dentro do tinteiro e não na maneira de escrever. O autor critica essa forma de trabalhar a produção de texto, na qual o professor dá um título e o aluno se desespera para desenvolver.

    f) O pai nervoso e aflito, olha juntamente com o filho, o boletim que contem várias notas baixas, e fala indignado:
    – Na minha época, se eu tirasse notas baixas era motivo para uma surra.
    O filho responde:
    _ Legal pai, vamos pegar a professora amanhã na saída.

  17. Erros de concordância e ortográficos

  18. As duas primeiras frases são informativas.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: