Publicado por: masfg | junho 21, 2012

Formação Continuada de Professores em Serviço- CESEC-Uberaba-MG

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM SERVIÇO

ELABORAÇÃO DE ITENS

As mudanças sociais, econômicas e culturais no mundo, exigem do profissional da educação constante aperfeiçoamento, submentendo-o a uma constante análise de sua prática, uma vez que o contexto escolar é resultado dessas mudanças.        

Sacristán (1990) considera que a formação de educadores tem se constituído em “uma das pedras angulares imprescindíveis a qualquer intento de renovação do sistema educativo”, o que nos ajuda a entender a importância que esta temática vem adquirindo nas últimas décadas, em meio aos esforços globais para melhorar a qualidade do ensino. Nos processos de reformas educativas ela é,então, colocada como elemento central.

Para tanto, há que se compreender a formação a partir da confluência entre a pessoa do professor, seus saberes e seu trabalho. O exercício da docência não pode se resumir à aplicação de modelo previamente estabelecidos, ele deve dar conta da complexidade que se manifesta no contexto da prática concreta desenvolvida pelos professores, posto que o entendemos como um profissional que toma as decisões que sustentam os encaminhamentos de suas ações na elaboração de atividades pedagógicas, avaliações diagnósticas e continuas e elaboração de itens contextualizados e interdisciplinar, uma vez que a   aprendizagem é um processo cognitivo, inerente ao ser humano, mas não observável diretamente. Para avaliá-la é necessário que se tenha visibilidade, e respeito pelo o preconhecimento do aluno. Esse é o papel dos instrumentos de avaliação, como as provas e os testes escolares, que funcionam como estímulos cuja função é provocar respostas que sejam a expressão das aprendizagens e manifestação dos conhecimentos e habilidades que a constituem.           

Princípios didáticos e orientações teóricas são muito importantes no processo de elaboração de itens,a linguagem deve ser clara e objetiva, esclarecedora; os conteúdos devem ter significado para quem esta sendo avaliado ; esta coerente com os propósitos do ensino e explorar a capacidade de leitura e de escrita contextualizado, bem como estimular o raciocínio lógico voltados para a realidade do aluno e de acordo com os CBCs.

Uma questão deve informar ao avaliando o que se exige dele e como o mesmo deve proceder. Erros de comunicação, decorrentes da má qualidade da questão, podem estimular resultados pouco fidedignos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: