Publicado por: masfg | agosto 22, 2013

FORMAÇÃO DE PROFESSORES – SABERES DA DOCÊNCIA E IDENTIDADE DO PROFESSOR Selma Garrido PIMENTA

Repensar a formação inicial e
contínua, a partir da análise das práticas
pedagógicas e docentes, tem se revelado
como uma das demandas importantes dos
anos 90. (Cunha, 1989; Zeichner, 1993;
Perrenoud, 1994; Pimenta, 1994; André,
1994; Garcia, 1994; Benedito et ai. 1995).
Suportando essa perspectiva está o
entendimento de que as teorias da
reprodução, que nos anos 70 – 80 tanto
colaboraram para explicar o fracasso
escolar, demonstrando sua produção

enquanto reprodução das desigualdades
soc1a1s, não são suficientes para a
compreensão das mediações pelas quais se
opera a produção das desigualdades nas
práticas pedagógica e docente, que ocorrem
nas organizações escolares. Mediações,
essas, representadas nas ações dos
docentes, dos alunos, dos pais, decorrentes
do funcionamento das organizações
escolares, das políticas curriculares e dos
sistemas de ensino e das inovações
educativas.

Diante desse cenário, você professor tem inovado na sua prática e metodologia pedagógica? De que maneira? 

Abraço

<p style="text-align:left;V“> 
revista.fct.unesp.br/index.php/Nuances/article/download/50/46


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: